Quem escreve?

Minha foto
Rio, RJ, Brazil
Moribundo SUBurbano. Estereotipado: bandido, maconheiro e marginal. Escritor, poeta e, portanto, miserável.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Dá-me alguma coisa
Preciso de alguma coisa,
Qualquer coisa
Que me deixe mais perto de você,
Mãe África!

3 comentários:

Carolina disse...

hihi certas coisas mudam. outras, nem tanto. alguns instantes de sentimento cismam em imitar os anteriores, e é assim que as sensações ficam. o certo é que as coisas mais cinematográficas agradam os poetas, e nisso pode surgir certa dose de masoquismo. ou não(?)
beijo

Diana Borges disse...

Eu sei do que precisa.

Amandla Awetú disse...

Dar um pulinho em Salvador?